segunda-feira, 28 de outubro de 2013

O que é um Consistório. A origem do termo (Vídeo)

    A palavra Consistório é o título dado à assembléia de cardeais da Igreja Católica, reunida com a finalidade de tomar importantes decisões de caráter eclesiástico.

Nos Consistórios ocorre a entrega do barrete cardinalício.

   Clique no centro quadro abaixo e assista o vídeo explicativo sobre o significado original da palavra Consistório

video

3 comentários:

  1. Comandante-em-Chefe, Ir. Sacramento. Consistório, nº 1

    O ano era o de 1988, nós estavamos, começando a frequentar o Palácio do Escocismo que, ainda, era um grande canteiro de obras, mas com o grande edifício, onde fica o Consistório e o Kadosch construído, mas precisando de emboço de outros acabamentos, para sua conclusão. O Soberano Grande Comendador era o Dr. Ariovaldo Vulcano, médico e professor de Medicina, um homem, educado e muito culto. O tempo passa e estamos no ano de 1989, o calor sufocante e fomos convidados para comparecer para ver as obras, enfim, pediram nossa presença. Grandes contingentes partiram de seus Municípios para conhecer as obras do prédio do Escocismo. Havia, dinheiro para tocar a obra, mas havia necessidade de se comprar as cadeiras, que são as mesmas de hoje. Foi aí, que ninguém sabe como, surgiu nosso Ir. Capitão Asa, que tinha um programa Infantil na Televisão, aqui no Rio de Janeiro. E ele, muito falante e brincalhão, lançou uma "Campanha pela Compra das Cadeiras", nos seguintes moldes: dizia: "todo aquele que adquirir uma cadeira pelo preço tal (não me lembro qual o preço, pelas variações sofridas no sistema monetário brasileiro - cruzeiro, cruzeiro novo, cruzado, cruzado novo, novo cruzeiro e real - ) será feita uma placa de acrílico com o nome do irmão, se for advogado, médico ou engenheiro, na placa constará o nome do doador e mais o endereço das atividades e se for Empresário irá constar o nome da Empresa, com endereço, ramo de atividade, telefone e etc." Não é preciso dizer, que nós, maçôns combatemos a vaidade, mas todos temos um pouco desse pecado capital. E, assim, num final de tarde de sábado, o Capitão Asa vendeu, quase todas, as 300 cadeiras. Foi um sucesso ! Entregaram aquele bolo de cheques, não havia cartão de crédito, para o Tesoureiro do Rito e pronto. Aguardamos uns dois ou três meses. Eu mesmo, comprei uma (1) cadeira, para doação ao Consistório, como todos fizeram. Mas teve empresário que comprou dez dadeiras... O tempo passou...Chegaram as cadeiras, uma beleza, que foram arrumadas no interior do Consistório. Quando comparecemos para a inauguração, todos foram olhar os nomes pessoais e das empresas e...para a grande surpresa...Epa ! Não havia placa alguma...foi a maior "jogada" do nosso Ir. Capitão Asa, famoso com as crianças do seu progama da Televisão e, agora, famoso como grande arquiteto no Consitório...dizem que nunca mais apareceu...Eu nunca mais o vi. Mas sua brincadeira, valeu ! Hoje, o Consistório, nº 1 possui as cadeiras, graças a jogada de marketing em televisão, do nosso querido Capitão Asa.
    Grande Inspetor Geral, Ir.Sangenis, Portador da Comenda do Mérito Montezuma e Membro Efetivo do Consistório, nº 1

    ResponderExcluir
  2. Caro Irmão Sangenis, obrigado pela narrativa e belos detalhes enriquecedores.
    Receba nosso tríplice abraço.

    ResponderExcluir
  3. Ao ler sua narrativa o "filme da saudade" passou a minha frente, pois vivi este momento "ao vivo e a cores". Nesta época eu era do Consistório nº 1 e tive o prazer de assistir como cada peça foi construída em cada Câmara. Saudade! Antomar Marins e Silva, 33

    ResponderExcluir

A ADMINISTRAÇÃO DO CONSISTÓRIO Nº 1 AGRADECE A SUA PARTICIPAÇÃO.